REUNIÃO SEM ACORDO

A Reunião realizada hoje se manhã com a Administração da IP, terminou sem acordo, pelo que a greve se mantém!

É o momento oportuno para os trabalhadores manifestarem o seu descontentamento relativamente à posição da Administração da IP, de inviabilizar uma solução em torno da tabela salarial de todos os trabalhadores.

A representação da administração da IP apresentou uma proposta para a resolução do actual conflito laboral, na forma da unificação/actualização do valor do subsídio de refeição para 8,20€, com efeitos a partir de Março, ou seja, com aplicação efectiva em 9 meses deste ano.

SOLUÇÃO TEM QUE SER NA TABELA SALARIAL

A posição unânime das organizações sindicais foi de toda disponibilidade para encontrar uma solução a partir dos valores apresentados, mas na forma da actualização na tabela salarial, com um valor igual para todos os trabalhadores, com efeitos a 1 de Janeiro, com incidências em 14 meses, tendo com referência a solução encontrada para a CP.

Será que o Governo recusa na IP uma solução que aceitou para a CP? Teremos dois pesos e duas medidas?

A proposta da Administração tem uma actualização diferenciada, tendo em conta os diversos regimes laborais, havendo casos de um “crescimento” mensal de 1,76€ e para a grande maioria dos trabalhadores seria de 27, 28€.

VAMOS LUTAR PELO AUMENTO DOS SALÁRIOS

A apresentação desta proposta por parte da administração deve-se ao facto de estar confrontada com uma greve para dia 12, fazendo hoje o que não quis fazer na passada quarta feira e, independentemente da apreciação que fazemos, esta proposta é fruto da luta dos trabalhadores e das organizações que em unidade avançaram para a greve, demonstra que há dinheiro, mas é insuficiente na forma como o querem aplicar.

DIA 12 MARÇO – 11 HORAS ESTAÇÃO DE SANTA APOLÓNIA

As organizações sindicais promotoras da greve decidiram dar expressão publica da luta dos trabalhadores no dia 12 de março, juntando os piquetes de greve e todos os trabalhadores das empresas do grupo IP (IP- Infraestruturas; IP-Engenharia; IP-Telecom e IP-Património), que possam comparecer, às 11 horas em frente à estação de Santa Apolónia.

 

REUNIÃO DE SINDICATOS

Nos dias 14 e 15 de Março, as organizações sindicais, conjuntamente com a CT, vão reunir para fazer o balando da greve e decidir as novas formas de intervenção e as novas lutas, em torno desta reivindicação comum a todos os trabalhadores, assim como elaborar as respostas conjuntas às propostas da administração no que se refere ao AE e RC, reunião essa que, como sempre continua aberta a quem se afastou do processo, mas que, desde que queira, continua a ter um espaço nesta discussão.

Consulte aqui o comunicado conjunto das estruturas Sindicais

Deixe uma resposta